AGÊNCIA POPULAR SOLANO TRINDADE

NOVA SEDE_ CAMPO LIMPO

 

A relação da Escola da Cidade com a Agência Solano Trindade começou como por acaso. Ou destino.

A partir de um desafio proposto por um programa televisivo[1], um grupo de estudantes, alguns professores e moradores se uniram para trabalhar junto a uma comunidade do Jardim Maria Sampaio, zona sul da cidade de São Paulo para pensar em possíveis transformações no bairro. Naquele momento suas vidas foram aproximadas.

Um ano e meio anos depois, um novo desafio se apresenta.

A Agência Popular Solano Trindade procurou a Escola da Cidade pois suas atividades se ampliaram, e uma nova sede seria necessária. Uma casa antiga, datada dos anos 40 do século passado, precisaria de reforma. A equipe, através do Grupo Técnico da EC, elaborou um estudo para o projeto de reforma da casa.

As peculiaridades do terreno residem na sua extensão longitudinal, mais comprido que o padrão, com quase metade de sua superfície livre de construções, e um desnível muito acentuado em aclive desde a rua de acesso até o final do lote, com uma construção anexa, originalmente uma garagem, em volume independente e constituindo a principal fachada da casa.

A estratégia foi a reformulação total das instalações da casa antiga, hidráulicas e elétricas, mantendo completamente sua configuração original, a estrutura principal de alvenaria, cobertura mantida, assim como as janelas e portas, todas reaproveitadas. O volume construído na parte de trás, “puxadinho”, visivelmente posterior à data da casa, terá as paredes voltadas para o jardim abertas, a fim de estabelecer uma continuidade visual e de usos entre esses espaços. A casa abrigará os escritórios da agência, salas de reunião, sala multiuso e um espaço para co-working.

O volume da frente receberá a loja sociocultural, onde artigos produzidos pela própria comunidade poderão ser expostos e vendidos, tais como a produção das hortas familiares ou roupas e acessórios das marcas locais. Esse ponto de encontro favorece o comércio local e o fortalecimento da identidade comunitária. Seria também uma espécie de galeria e vitrine para manifestações culturais.

Como se constitui como volume independente das outras construções, suas paredes externas poderiam ser suporte, a céu aberto,de um circuito de grafite, onde de tempos em tempos, a intervenção seria trocada. A agência poderia organizar oficinas em torno do tema, voltadas para crianças e jovens.

Na cobertura, um nível acima, sobre a laje impermeabilizada existente, um jardim de permanência estabelece a conexão com os usos da casa, extensão dos escritórios que se debruça sobre a rua.

O acesso principal pela rua, ao lado da loja, se faz como uma pequena praça, um anúncio do que estará acontecendo nos fundos.

O grande jardim central, enriquecido como horta urbana, leva as pessoas ao restaurante e pequeno hostel localizado no limite do lote.

A área verde, mantida livre em sua maior parte, se constitui como a preciosidade deste sítio. Lugar de repouso, de comer, de festas, de conversas, de estudos, pode se adaptar a diferentes configurações.  O desnível reconfigurado possibilita seu uso como plateia dos eventos da casa principal. O restaurante estende seu uso para este espaço, como um pátio protegido. Os vizinhos também podem desfrutar das vistas e das árvores que aqui crescerão.

A nova construção foi pensada como uma montagem, uma obra seca e barata, que possibilite a construção rápida e segura, amparando estes novos usos. A cobertura em estrutura de madeira, apoiada junto dos muros de divisa, abriga todos os programas e se constrói independentemente dos volumes inferiores. Um viga treliçadaprotegidapor uma telha translúcida conforma a fachada principal para o pátio interno, vencendo a largura total do lote, de 10metros. O pé direito duplo no salão do restaurante aumenta a iluminação natural e amplia o espaço exíguo, dobrando seu volume de ar.

O volume de serviços é uma construção em alvenaria armada aparente, de blocos de concreto, que abriga no térreo cozinha, depósito e banheiros, e no piso superior, voltados para trás para garantir privacidade, luz e ventilação, dois quartos com acesso independente.

A água captada pela cobertura será aproveitada para irrigar a horta, um sistema biodigestor caseiro e compacto será instalado para produção de gás a partir de lixo orgânico, placas solares serão instaladas na cobertura para aquecimento de água e posteriormente para produção de energia elétrica. Os produtos utilizados para consumo no restaurante, vegano, serão produzidos pela comunidade, ou até no próprio jardim. A partir  destas ações no lugar onde se instala, a agência popular Solano Trindade pretende se consolidar como centro educativo e catalisador cultural das manifestações de uma cultura periférica. A Escola da Cidade ao se envolver com este projeto, reforça os ideais do seu projeto pedagógico. Uma construção de pontes mais que necessária.

“AGÊNCIA POPULAR SOLANO TRINDADE é um empreendimento cultural que vem sendo construído por jovens que possuem ações culturais na zona sul de São Paulo e  tem como  proposta o fomento e o  fortalecimento  da  economia da cultura criativa, através do incentivo a produção e difusão da cultura popular,  criando formas de organização que possibilitem a sustentabilidade e auto-produção das ações culturais.”

[1]Verdejando, desafio proposto pelo Jornalismo da rede Globo, em conjunto com Globo Universidade, para 3 escolas de arquitetura e urbanismo de São Paulo, em setembro de 2015, com duração de 1 mês. Estudantes da Escola da Cidade: Felipe do Amaral, Gabriel Biselli, Giovanna Furlan Tozzi, Karina Rebello, Laura Pappalardo, Laura Tomiatti, Luiz Solano, Matheus Molinari, Maytê Coelho, Sabrina Sobreiro, Stela Mori, Vitor Pissaia. Professores: Cristiane Muniz e Robert de Paauw. Assistente: Carolina Klocker

FICHA TÉCNICA AGÊNCIA SOLANO TRINDADE

GRUPO TÉCNICO_ ESCOLA DA CIDADE

Coordenação: Cristiane Muniz

Equipe: Carolina Klocker, Clara Varandas e Conrado Cavani

Consultor Luminotecnia: Ricardo Heder

Consultor Estrutura de Madeira: Marcus Vinicius Barreto Lima

 

AGRADECIMENTO

A toda equipe da Agência Solano Trindade, em especial: Cleonice Maria, Melissa, Miranda, Alex Barcello, Omar Haddad e Thiago Vinicius.

©2017 KLEO Template a premium and multipurpose theme from Seventh Queen

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?