28.03.2017

Exposição DIAGRAMA CONTRACONDUTAS

Do dia 8 de abril ao 13 de maio a exposição coletiva Diagrama Contracondutas na Escola da Cidade estará aberta ao público. Entre os trabalhos dos artistas convidados e selecionados por chamada aberta – NEC/IAU-USP, Raquel Garbelotti, Coletivo 308, Coletivo Metade e Vânia Medeiros –, o projeto Contracondutas faz uma exposição-esquema de suas diversas ações político-pedagógicas relacionadas ao tema do trabalho análogo a escravo e seus desdobramentos, realizadas no último ano.

CONTRA – DIAGRAMA – CONDUTAS

A exposição é diagrama de um projeto em transcurso, é experimento de reunião e síntese, continuação e itinerância, pesquisa e arte.

A artista visual Raquel Garbelotti exibe no foyer da Escola da Cidade uma vídeo-instalação com dois filmes feitos em estúdio a partir da simulação da circunvolução solar em volta da maquete de uma das casas onde foram encontrados trabalhadores em condições análogas a escravo nas imediações do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos. O resultado evidencia as condições insalubres de moradia a que eram submetidos os trabalhadores. O Coletivo 308, por sua vez, amplia o alcance do “Projeto Labor”, realizado originalmente em Guarulhos, com a exibição de duas instalações “site specific” com objetos feitos em barro e gesso. O NEC/IAU-USP de São Carlos apresenta trabalhos coletivos em que confere visualidade às relações de trabalho e econômicas que atravessam a dinâmica aeroportuária, com foco na construção do T3 de Cumbica, além de um conjunto de diagramas que atenta para os diversos atores envolvidos em grandes canteiros de obras.

Coletivo Metade, formado por Ana Tranchesi e Isabella Beneducci Assad, realizou pesquisa de campo na municipalidade de Petrolândia, em Pernambuco, de onde grande parte dos trabalhadores do Terminal 3 veio, aliciada por atravessadores. A pesquisa se transforma em tótens com áudios das declarações de trabalhadores. Vânia Medeiros, por fim, exibe na Escola uma série de desenhos feitos por trabalhadores da construção civil a partir de ateliês, conduzidos pela artista, em que eles fazem desenhos dos cenários de trabalho.

A exposição apresenta as ações e pesquisas político-pedagógicas de um ano de projeto. Embora seja um momento conclusivo, os produtos, publicações, pesquisas e articulações propostas repercutirão no tempo os enunciados colocados pelo Contracondutas: a exposição é diagrama de um projeto em transcurso.

ESCOLA DA CIDADE

Rua General Jardim, 65

segunda a sexta, das 10 às 20hs

sábado das 10 às 16hs

de 8 de abril a 13 de maio

(fechada nos feriados, exceto dia 1 de maio, dia do trabalho, que estará aberta a visitação)

©2017 KLEO Template a premium and multipurpose theme from Seventh Queen

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?