Introdução

Felipe Noto, Guilherme Paoliello

O Conselho Técnico da Escola da Cidade organizou entre os dias 10 e 17 de outubro uma semana de trabalhos que envolveu alunos e professores numa ampla reflexão sobre os edifícios que ocupamos, na rua General Jardim.

Escola da Cidade em 26h

A Escola ocupa dois edifícios originalmente residenciais, projeto do arquiteto Oswaldo Bratke. As boas práticas dos anos 40 garantiram a coincidência de nível entre os dois edifícios e permitiram a unificação dos pavimentos sem dificuldades. A adaptação dos espaços foi sendo feita ao longo dos últimos treze anos, acompanhando o crescimento da Escola. É chegada a hora de envolver todos num fórum aberto sobre este processo.

Foram 26h de conversas e desenhos sobre as possibilidades de transformação dos espaços da Escola e sua adaptação aos princípios pedagógicos em constante evolução.

Os alunos, organizados em equipes, puderam desenvolver propostas em qualquer escala: do mobiliário à setorização da ocupação do edifício. A única regra era contribuir com a discussão sobre o nosso espaço. Os professores puderam, ao orientar os trabalhos, expor suas críticas e conhecer mais profundamente a apreensão da Escola que fazem os alunos.

O resultado, apesar do pouco tempo, surpreende. Nota-se que a reflexão sobre o espaço em que passam grande parte de seus dias é feita cotidianamente pelos estudantes; foi necessário apenas de um breve estímulo para se concretizar em projetos de intervenção.

As apresentações foram condensadas em breves vídeos, notícias das conversas da semana. Todo o material foi reunido e servirá de subsídio para o desenvolvimento de projetos de intervenção ao longo dos próximos meses.

 

Conselho Técnico da Escola da Cidade

desenho: daniloz

©2017 KLEO Template a premium and multipurpose theme from Seventh Queen

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?